O Vasco é o primeiro time brasileiro classificado à terceira fase da edição 2020 da Copa Sul-Americana. Nessa quarta-feira (4), o Cruzmaltino não saiu do zero com o Caracas, no Estádio Olímpico da capital venezuelana, e se beneficiou da vitória na partida de ida, por 1 a 0, em São Januário, no Rio de Janeiro. Na próxima fase, o time carioca enfrenta o Defensa y Justicia, da Argentina, que eliminou o Sportivo Luqueño, do Paraguai.

A formação com três zagueiros (Miranda, Leandro Castán e Ricardo Graça), adotada pelo técnico Ricardo Sá Pinto, deu segurança defensiva ao Vasco, que sabia que bastava não ser vazado para voltar da Venezuela com a classificação. O time praticamente não foi ameaçado pelo Caracas, que só assustou em cabeçada do atacante Alexis Blanco, aos 18 minutos, defendida pelo goleiro Fernando Miguel. Três minutos depois, a vida cruzmaltina ficou mais tranquila com a expulsão do zagueiro Rosmel Villanueva, que recebeu o segundo amarelo. A equipe carioca desperdiçou oportunidades, mas, no fim, as chances não fizeram falta.

À espera de a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgar as datas e os horários das partidas pela terceira fase da Sul-Americana, o Vasco volta a se concentrar na Série A do Campeonato Brasileiro. No domingo (8), o Cruzmaltino recebe o Palmeiras, em São Januário, às 16h (horário de Brasília), pela 20ª rodada da competição. O time do Rio de Janeiro ocupa a 16ª posição do torneio nacional, uma à frente da zona de rebaixamento.

– Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil – YWD 10793