Um time alvinegro, de apelido Galo, derrotando por 4 a 0 um adversário rubro-negro que tem uma ave como mascote. O roteiro da goleada do Atlético-MG sobre o Flamengo, ontem (8), acabou reeditado nesta segunda-feira (9), a quase 890 quilômetros do Mineirão. Nesta segunda-feira (9), o Goiânia Esporte Clube, também conhecido como Galo Carijó, superou o Águia Negra-MS (cujas cores são o vermelho e o preto) no estádio Olímpico da capital goiana, pelo mesmo placar. O duelo, válido pela 11ª rodada, foi transmitido ao vivo pela TV Brasil.

A equipe da casa assumiu a segunda posição do Grupo 5, com os mesmos 19 pontos do Goianésia, ficando a frente do rival estadual pelo saldo de gols (sete a cinco). Com mais um ponto, o Galo se assegura na próxima fase. A equipe do Mato Grosso do Sul segue com 13 pontos, em quinto lugar, a três pontos do Real Noroeste-ES, quarto colocado e último time na zona de classificação.

Marcando forte, o Goiânia aproveitou o primeiro erro na troca de passes do Águia Negra para abrir o placar. Aos oito minutos, a partir de uma bola roubada, o atacante Du Gaia rolou para o meia Kaio Wilker finalizar, da entrada da área. O time rubro-negro se lançou ao ataque, mas só respondeu aos 28 minutos, em cabeçada do atacante Filipe, na pequena área, que o goleiro Weverton mandou para fora. Mantendo a filosofia do contra-ataque, o Galo Carijó ampliou aos 35. Após cobrança de escanteio, Kaio Wilker desviou e o zagueiro Dedé, na primeira trave, escorou para as redes.

O cenário não se alterou no segundo tempo. Logo aos oito minutos, após outro escanteio, Dedé marcou o segundo dele e o terceiro do Goiânia. O desgaste evidente do Águia Negra, que enfrentou 12 horas de ônibus da cidade de Rio Brilhante (MS) até a capital goiana, ajudou o time da casa a manter o controle da partida. Aos 26 minutos, o atacante João Pedro foi derrubado na área pelo zagueiro Virgulino. O próprio João Pedro bateu e sacramentou a goleada do Galo Carijó, que chegou a seis partidas de invencibilidade na temporada.

O Goiânia volta a campo nesta sexta-feira (13), às 18h (horário de Brasília), novamente em casa, para um duelo estadual com a Aparecidense. Já no sábado (14), o Águia Negra recebe outro time goiano, o Goianésia, às 19h, no estádio Iliê Vidal, o Ninho da Águia, em Rio Brilhante. Os duelos valem pela 12ª rodada da competição.

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

– Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – YWD 10990