O carioca Bruno Fratus, de 31 anos, foi o responsável pelo principal resultado da natação brasileira durante as disputas desta segunda-feira (9), na abertura da nona etapa da Liga Internacional de Natação (ISL, sigla em inglês), em Budapeste (Hungria). O atleta, que faz parte da equipe Tokyo Frog Kings, venceu a prova dos 50 metros livre, rompendo a barreira dos 21 segundos pela primeira vez na carreira em piscina curta (25 metros).

Dono de duas pratas em Mundias de pisicina longa, Fratus marcou hoje (9) o tempo de 20seg98 em Budapeste, Hungria. O recorde antigo dele era 21.21, na estreia da edição deste ano da ISL. O brasileiro deixou para trás o russo Maxim Lobanovszkij (21seg07) que completou a prova em segundo lugar, e o japonês Shinri Shioura (21seg30), terceiro colocado.

Fratus, natação, seleção brasileira

Fratus, natação, seleção brasileira

Fratus venceu nos 50m livre, rompendo a barreira dos 21 segundos pela primeira vez na carreira em piscina curta (25 metros) – Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Outra vitória verde e amarela veio com Vinícius Lanza, do time London Roar. Nadando já pela décima etapa da Liga, o mineiro venceu a primeira prova dele nesta temporada na ISL ao cravar a marca de 01min53seg70 nos 200m medley. Lanza superou o alemão Philip Heintz (01min53seg73), segundo colocado, e o grego Andreas Vazaios (01min53seg79), que chegou em terceiro lugar.

– Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – YWD 10994