Esse domingo (15) vai ficar marcado na história da Fórmula 1. E o responsável é o britânico Lewis Hamilton. O piloto da Mercedes venceu o Grande Prêmio da Turquia e se tornou heptacampeão mundial da categoria, igualando a marca do alemão Michael Schumacher como o maior vencer da história da Fórmula 1. Além do título, faturou também a 94ª vitória, aumentando outro recorde que já era dele.

7X Formula 1 World Champion. Wow. To everyone that has supported me along the way, this is for you. To my incredible family, where do I even start? I am eternally grateful for your unconditional love, sacrifices and support… https://t.co/Uwb34qzCx2

— Lewis Hamilton (@LewisHamilton) November 15, 2020
Apesar de largar apenas em 6º lugar, Hamilton sofreu durante boa parte da prova deste domingo, quando a pista estava molhada, mas começou a ganhar terreno à medida que o asfalto secava. Optou por manter-se na pista, enquanto os adversários trocavam os pneus. Ultrapassou o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, que finalizou a prova em 2º. Sebastian Vettel, da Ferrari, fechou em 3º e foi ao pódio pela primeira vez na temporada.
O finlandês Valtteri Bottas, o único que ainda poderia adiar a definição do campeonato, chegou apenas em 14º.

LEWIS HAMILTON IS A SEVEN TIME WORLD CHAMPION!#TurkishGP 🇹🇷 #F1 pic.twitter.com/gOGfeEZxp8

— Formula 1 (@F1) November 15, 2020
Essa foi a décima vitória em 14 corridas na temporada do britânico Lewis Hamilton. Heptacampeão, ele soma 307. Bottas tem 197 e ainda pode ser ultrapassado na tabela de classificação pelo holandês Max Verstappen. O piloto da RBR, 6º na prova deste domingo, tem 170 pontos.

– Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – YWD 11355