Clientes poderão acessar serviços públicos com senha do Banrisul


Os cerca de 5 milhões de clientes do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) poderão, em breve, ter acesso a serviços públicos federais, estaduais e municipais sem a necessidade de uma nova senha. O banco anunciou hoje (5) a integração o login da conta-corrente ao Portal Gov.br.

A integração foi possível porque o Banrisul, administrado pelo governo do Rio Grande do Sul, formalizou a adesão ao acordo de cooperação técnica entre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia. O login unificado está disponível desde o fim de abril para cerca de 25 milhões de clientes do Banco do Brasil .

Com o novo recurso, bastará que o usuário digite o número da agência, da conta e a senha do Banrisul no site do banco ou no aplicativo Banrisul Digital para ter acesso a 3.941 serviços públicos oferecidos no portal. Atualmente, 62,5% dos serviços oferecidos pela plataforma são completamente digitais, nos quais todas as etapas dispensam o deslocamento a algum órgão público e a entrega física de documentos.

Atualmente, cerca de 80 milhões de pessoas têm cadastro no Portal Gov.br, o que equivale a pouco mais de um terço da população brasileira. Entre os principais serviços oferecidos pelo portal estão o Meu INSS, a carteira digital de trânsito, a carteira de trabalho digital e os pedidos eletrônicos de seguro-desemprego.

O login único do Portal Gov.br também permite o acesso a serviços digitais do Distrito Federal, de oito estados e de quatro municípios. Os estados integrados à ferramenta são Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As cidades são Recife, São Paulo, Blumenau (SC) e Rio do Sul (SC). As 27 juntas comerciais também estão interligadas ao portal.

Nos estados e nos municípios que aderiram ao login único do Portal Gov.br, o cliente do Banco do Brasil e, em breve do Banrisul, poderá acessar praticamente todos os serviços públicos por meio da senha do home banking da instituição. Além de resolver pendências com a União, o usuário poderá pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), arrecadado pelos estados, quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e taxas de limpeza e de iluminação pública, administrados pelos municípios.

– Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – YWD 10710